Mensagem Subliminar na Animação Big Buck Bunny

junho 2, 2008

Big Buck Bunny é um filme muito bem produzido, confesso. Feito totalmente com software open-source, em seus curtos 10 minutos a animação deixa muito Shreks da vida no chinelo.

Gráficos excelentes, roteiro e fotografia idem. O personagem do filme é um coelho gigante muito interessante, desajeitado e caricato, mas peraí…

…Só eu que notei isso? 😛

Assista o filme pelo Youtube ou faça o download.

Anúncios

As 5 Extensões mais Inúteis do Firefox

maio 30, 2008

O Firefox é o melhor navegador do mundo, isso é fato.

É fato também que muitas das suas extensões salvam a vida de muita gente por aí, sejam desenvolvedores, webdesigners e até mesmo usuários comuns que querem ampliar o leque das atividades de seu navegador, ouvindo música e baixando torrent através dele, por exemplo.

Existem várias páginas da Web com as extensões mais “indispensáveis” pro Firefox. Hoje, o Clique na Imagem para Ampliar faz o contrário…com vocês: As 5 extensões mais dispensáveis do Firefox!

1) STOP in The Name of Love

A música “Stop in the name of love” fez muito sucesso, seja na versão cantada por Diana Ross ou outras. Porém, há quem tenha gostado tanto do som a ponto de dar-lhe um novo sentido.

Essa extensão do Firefox é inútil. Tá vendo aquele coraçãozinho na imagem? É naquilo que o seu botão “Stop” vira. E não é só isso. Você está de madrugada, acessando um site pesadíssimo em flash, e, cansado, aperta stop e “STOP! IN THE NAME OF LOOOOVE…”. Qualquer um cai da cadeira.

2) Google Icon

Está achando a interface do Google muito branquinha? Que tal enchê-la de favicon.ico’s nos resultados das pesquisas? É a isso – e só a isso – que a extensão Google Icon se presta.

Útil demais. Como ninguém havia pensado nisso antes?

3) Confuscator

Existem textos bons e ruins na internet. Se você achar um muito bom mesmo, e quiser destacá-lo, faço da pior maneira possível: Use o Confuscator. Com ele, basta um clique no texto e…tcharam! Vocês tem uma caixa de alerta com todo o texto selecionado.

Melhor do que isso, só se fosse em pop-up.

4) Blocksite

Não quer que seu filho acesse o site da playboy? Quer impedir que aquele seu sobrinho chato fique pegando spyware baixando trocentos cracks e serias pro Flash? Então use algum bloqueador de site, QUALQUER UM, menos esse.

Com o Blocksite, você pode impedir o acesso a “www.playboy.com.br”. Mas qualquer criança consegue acessar o site digitando o endereço sem o www, que o ‘bloqueador’ em questão deixa. Além do mais, nem o próprio criador da extensão recomenda o seu uso para proteção de conteúdo adulto. Basicamente, ele te protege dos sites que você não quer entrar. Interessante…

5) LeetKey

Quem mandar um scrap para o seu amigo do Orkut em código binário? QU3R B4NC4R 0 3SP3RT0 4CH4ND0 QU3 N3NHUM R3T4RD4D0 (0NS3GU3 L3R 1SS0? Seus problemas acabaram. Com o Leetkey, você tem uma poderosa ferramenta que te permite converter seu texto simples em código binário, ASCII, ROT13, BASE64, HEX e até código morse.

Confessa, você estava procurando por isso desde o início da internet!


Descobrir Senhas de Arquivos Compactados pelo Ubuntu

maio 27, 2008

Muitas vezes entramos em fóruns e sites onde baixamos arquivos .zip com senha, e fica difícil de abrir um arquivo assim – principalmente quando o “Gênio” que o compactou deixou a senha dentro do arquivo.

Há quem tente usar alguns programas ‘milagrosos’, mas muitos na internet não passam de vírus – e te dão um segundo problema a ser resolvido. Mas temos boas notícias aos usuários do Ubuntu. Existe uma ferramenta de força bruta para quebrar essas proteções, que se chama fcrackzip, que lhe permite de forma fácil e segura descobrir a senha de um arquivo zipado.

Para instalar, basta o bom e velho apt-get:

# apt-get install fcrackzip

Como funciona o Fcrackzip:

fcrackzip [-bDBchVvplum2] [–brute-force] [–dictionary] [–benchmark] [–charset characterset] [–help] [–validate] [–verbose] [–init-password string/path] [–length min-max] [–use-unzip] [–method name] [–modulo r/m] archivo

Exemplo de uso:

$ fcrackzip -c a -p aaaaaa archivo_ejemplo.zip


TOP 10 – As Maiores Besteiras do Google

maio 21, 2008

Deixe o espírito fanboy de lado e admita: Nem tudo que a Google toca vira ouro.

Por exemplo, você lembra do Google Accelerator, que prometia tornar mais rápida a navegação? (Uma porcaria, mas pelo menos era de graça). E quando o Google Answer começou a cobrar? Obviamente as pessoas pararam de perguntar. Sobre o Google Video, então, nem se fala. Ele foi tão bem-sucedido que a única coisa boa que fez foi obrigar a Google a comprar o Youtube.

Algumas porcariazinhas que o Google criou sequer duraram um dia, e sumiram se deixar rastro. Outras idéias não tão boas vem resistindo ao tempo e sendo negligenciadas no labirinto de Google Services…

A lista abaixo promete mostrar algumas bolas-foras, besteiras, cagadas, ou como você preferir, do Google. Se você tiver alguma sugestão à mais, comente!

1) GOOGLE X

Um das besteiras mais misteriosas do Google foi o site Google X, uma versão redesenhada da página de buscas do Google com a interface do Dock do Mac OS. No final da página está escrito “Rosas são vermelhas, Violetas são Azuis. OS X manda! Homenagem pra você.” O site, que foi lançado em 2005, não durou nem mesmo um dia antes do Google apagá-lo sem dar alguma explicação. O Google X pode ter sido descartado por algumas leis de Copyright que a Apple poderia não entender como “homenagem”. Mas o Google X continua vivo graças à um clone da interface que alguns usuário criaram para todos usarem.

2) CATÁLOGOS DO GOOGLE

Interessado em ver quais os preços mais baixos de Pendrive? Então o Catálogo do Goole linka você até o catalogo da MicroWarehouse de 2001, onde um pendrive de 256MB Trek ThumbDrive Pro custava $595. O Catálogo do Google está em eterno estado “beta” desde 2002, e atualmente seus mais recente resultados na busca de “laptops” remetem-nos à atualizadíssimos catálogos da Cyberguys Spring de 2006!

3) GOOGLE VIDEO PLAYER

Certa vez a Google pensou que nós necessitávamos de mais uma aplicação para baixar e ver vídeos no nosso PC. Juntamente com o serviço Google Video, o Google Video Player tinha a vantagem de que ele poderia tocar vídeos no formato do Google Video (um outro formato de vídeo que eles também pensaram que nós precisávamos). Mas já havia players o suficiente no mercado, e eles tiveram outras idéias maravilhosas como conteúdo restrito e tudo o mais. Por final, o player só veio a ser usado mesmo no Google Video.

3) GOOGLE WEB ACCELERATOR

Economia ou perda de tempo? O Google Web Accelerator é uma combinação de algo que você não precisa com algo que pode comprometer sua privacidade. O software que ainda é oferecido pelo Google e promete agilizar o carregamento das páginas…mesmo que isso seja só 10% do tempo.

Algumas pessoas disseram que usuários de banda larga também poderiam ver os sites mais rapidamente. Outros, ativistas da privacidade como Richard Smith acusaram o Google de usar o Web Accelerator como uma ferramenta de pesquisa de marketing. Smith disse que “Eles estão vendo o que as pessoas estão fazendo na Internet, o que elas estão lendo, o que elas estão comprando? Existe potencialmente muita informação apenas com um clique em uma URL.”

4) GOOGLE ANSWERS

Pergunta: O quê deu no Google? Resposta: Fizeram besteira.

Por cinco anos, o Google Answers permitiu que qualquer um postasse uma pergunta junt com um preço que eles estavam dispostos a pagar pelas respostas. Um grupo de Pesquisados do Google Answers aceitaria o preço (ou não). e se aceitassem a oferta, a pergutna era respondida.

Junto com alguns estudantes do Ensino Médio, eu também era um fã do site. As pergutnas eram respondidas com clareza, bem completas e bem escritas. Mas nem sempre qualidade é recompensada na internet. O Google não pode competir como o Yahoo Answers, um serviço gratuito que recompensava sim os usuário, mas não com dinheiro, e sim com estrelinhas de participação. O Google Answers tem uma pergunta bem interessante em seu serviço: “O quê aconteceu com o Google Answers?”. A resposata é “Essa pergunta ainda não foi respondida”. Talvez o Google não aceite suas perguntas, mas você pesquisar no banco de dados das respostas.

5) GOOGLE COUPONS

O Google Coupons era um serviço dentro do Centro de Pesquisas Locais de Negócios do Google, que permitia às empresas criarem cupons online e distribuí-los dentro do Google Maps.

A idéia por trás do Google Coupons é que , quando você está pesquisando por algum negócio local usando o Google Maps, uma empresa local pudesse entregar um cupom oferecendo alguma oportunidade de compra. O cupom seria colocado próximo ao mapa, e poderia ser imprimido e posteriormente ser usado.

Foi uma idéia legal, mas eu, como um ávido usuário do Google Maps, em dois anos no Google Maps JAMAIS achei um cupom sequer. Você já viu algum?

6) BUSCA DE VOZ PELO GOOGLE

Diretamente do departamento do futuro veio o Google Voice Search. The service, que era originalmente uma experimento dentro do Google Labs, lançado em 2003 e funcionando como tal. Primeiro, visite o site do Google Voice Search. Depois, ligue para o número na tela e fale a pelavra que você quer buscar. Então volte o seu browser, clique no link do Google Voice Search e bingo, uma janela com os resultados aparecem.

Procurar na Web desse modo é comparável à ligar para seu cunhado enquanto você dirige e escova os dentes. Por outro lado, essa tecnologia foi a percussora de serviços móveis como ChaCha e o próprio Google 411 service.

7) GOOGLE VIEWER

A idéia por trás do programa Google Viewer era que, após digitar os termos da pesquisa, você desse Ok e sentasse para assistir como as páginas eram achadas e carregadas. Depois, o Google Viewer mostrava os resultados como um slide show. O software, que a PC World noticiou em 2002, foi obviamente abandonado.

A idéia de ver partes da página antes de carregar foi por água à baixo — não é mais necessário um programa para fazer isso. Hoje você pode pré-visualizar páginas pesquisando no Ask.com, Powerset, and Yahoo, sem instalar nada.

8) GOOGLE CHECKOUT

Em Junho de 2007, milhares de fiéis do eBay foram à Boston para a Convenção Anual de vendedores do eBay. Todos esperavam pelo novo sistema de pagamento, chamado Google Checkout — que competiria diretamente com o PayPal, subsidiário do eBay. A Google organizou uma festa durante o evento, convidados os vendedores para aceitar a proposta. Mas a festa do Google acabou um protesto contra alguns termos do eBay do que promoção do Google Checkout.

Quando enfim o eBay entendeu como o Google Chekout funcionava, rapidamente cancelou todas as suas publiciades que rdavam no Google EUA por mais de uma semana. Naqual época, o eBay era o maior, senão único, mais cliente de publicidade do Google.

Então o Google Checkout foi cancelado.

9) ORKUT

A banda Cansei de Ser Sexy é adorada na Europa, mas seu talento é bem menos apreciado em sua terra natal, o Brasil. O mesmo pode ser dito quanto ao Orkut. Lançado em 2004, o site de relacionamentos é um sucesso no Brasil, mas nos EUA, come poeira atrás do Facebook e MySpace.

A falta de popularidade do Orkut no EUA foi atribuída não só a competição com outros serviços mais fortes, mas também à alguns fatos como o sistema de “só entra convidado” e a falta de serviços de blogagem.

10) GOOGLE LABS

Todos os empregados do Google são convidados à gastar pelo menos 20% de sua carga horária em projetos pessoais. A Google diz que essa política encoraja a criatividade. Sem a ousadia da Google, correndo riscos e sem medo de falhar, talvez a empresa não seria o que é hoje. Mas talvez possamos medir a grandeza da Google pelas suas falhas tanto como pelos seus sucessos.

Original: http://www.pcworld.com/article/146101-1/top_10_google_flubs_flops_and_failures.html


As 10 mais Bonitas Áreas de Trabalho com Linux

maio 20, 2008

Durante anos eu vi screenshots de desktops com Linux, e é simplesmente maravilhoso como alguém pode, gastando um pouco de tempo, criar e customizar uma aparência única para a sua Área de Trabalho. Abaixo, estão alguns desktops com linux que eu realmente gostei, porque são criativos e bem singulares. Eles não são necessariamente os mais bonitos, mas com certeza são muito diferentes!

ATUALIZADO:

Gente, cometi a mancada de esquecer de citar o original. Como vocês podem ver, cito sempre nos outros tópicos, mas esse aqui ficou faltando. Vai ai:

http://www.linuxhaxor.net/2008/05/17/10-most-beautiful-looking-linux-desktop/

Perdão! 🙂