Revista Chinesa faz Ensaio Sensual nos Destroços do Terremoto

maio 28, 2008

A Liberdade de Expressão é uma droga. Crucifique-me, vá lá, mas antes me diga: Existiria Créu na época da Ditadura? Nem a primeira velocidade!

Falam mal da China, que é isso, que é aquilo. Não sei, nunca fui lá. Mas uma revista (chamada The New Travel Weekly) passou um “pouco” dos limites, até mesmo para padrões americanos. Os caras simplesmente inventaram a idéia genial de fazer um ensaio fotográfico…nas ruínas do último terremoto, que matou mais de 50 mil pessoas!! Veja as fotos escaneadas da revista abaixo:

Golpe de marketing? Estratégia para protesto? Não sei, mas apoio totalmente o governo da China, que – adivinha – tirou a revista de circulação.

“Bem feito”, ou, em bom mandarim, 他们当之无愧. (Tamen dangzhiwukui)


Credibilidade nos Jornais – A Morte da Mídia Tradicional

maio 28, 2008

Eu tenho assisitido ao declínio do jornalismo desde que a internet começou a substituir a mídia impressa e a televisão como principal provedor de notícias, e confesso que acompanhar a tudo isso nem sempre foi bom.

Mas hoje, a notícia do topo da CNN foi o fim da linha.

Esse é o título que resume a notícia pra quem, como eu, recebe as notícias sem imagens pelo leitos de feed:

Crianças de 6 anos são forçadas a trocar sexo por comida, diz organização

“Um garota pobre do Haiti consegue ganhar $2.80 e um pouco de chocolate”, disse ela à uma instituição de caridade européia. Tudo o que ela tem que fazer é fazer sexo com um agente humanitário. Sua história é mais uma das alegações de que soldados da ONU abusam de crianças.

Mas se você ler toda a notícia, você verá que não tem nada a ver com uma criança de 6 anos sendo estuprada, mas sim o seguinte:

Na reportagem “Ninguém para se transformar” uma garota de 15 anos do Haiti disse aos pesquisadores “Minhas amigas e eu estávamos andando pelo Palácio Nacional numa tarde, quando encontramos alguns agentes humanitários. Os homens nos chamaram e mostraram seus pênis.”

“Ele ofereceram-nos 100 gourdes haitianos (o que equivale a U$2.80) se nós praticássemos sexo oral. Eu disse ‘não’, mas uma das minhas amigas fez e pegou o dinheiro.”

Esse vai e vem de informações é tão cheio de erros que chega a ser grostesco. A história muda de “Agentes humanitários pagam para fazer sexo com adolescentes” para “Crianças de 6 anos são forçadas a trocar sexo por comida.”

O maior problema com as notícias serem disseminadas online é que não existe isolamento geográfico (como no caso da mídia impressa ou TV), o que significa que todos as redes locais competem uma contra a outra para ver quem tem mais leitores. Logo, as notícias começam a serem feitas para atraírem o máximo de audiência… e a maioria das pessoas se preocupa muito mais com a Vida de casal de Angelina Jolie e Brad Pitt do que com muitas pessoas que desapareceram da cidade de Darfur esta semana (30,000 cliques ao total).


Azul = Angelina Jolie, Vermelho = Darfur.

Os jornais não ajudam mais, e sim fabricam notícias.

Antigamente, os jornais tinham uma credibilidade inabalável. Editores morriam por isso. Mas hoje, até os mais respeitados dos jornais do planeta está entrando na moda, e dando fim a era das informações precisas e do bom jornalismo.

Eu não sou o primeiro a fazer esta reclamação e eu não tenho nenhuma conexão com o mundo jornalístico, exceto por algumas lembranças do passado, quando eu dirigia o jornal do colégio.

Eu entendo que os jornais são um negócio e para darem lucro, não raramente devem ser guiados por publicidade. Eu também entendo que os jornais são uma força maior e que podem até manter o governo sob suspeitas através da disseminação da informação. Mas com todos esses artigos sensacionalistas, chamadas inapropriadas, eles simplesmente estão jogando toda a sua credibilidade fora em troca de diggs. Estão renunciando a tudo que construíram em troca de dinheiro – afinal, alguém tem que lucrar.
Original, em inglês: http://a.viary.com/bizblog/posts/the-death-of-news-credibility


O Teste de QI de 60 Segundos – Faça agora!

maio 28, 2008

E o famoso Teste de QI acaba de entrar na onda da Web 2.0! Antigamente, qualquer um que se arriscasse a fazer um teste desses na internet, ficava horas e horas respondendo a enfadonhas perguntas e perdendo muito tempo!

Parece que, agora, isso mudou. Conheci esses dias o site IQleague, que tem como proposta um teste de QI universal, com 10 perguntas no limite de 60 segundos cada. Aclamdo como “O teste de QI mais rápido do mundo”, o sistema ainda tem um ranking muito legal. Eu, por exemplo, descobri que sou a #4,583 mais inteligente do mundo. De 6 bilhões, não é muita coisa, mas até que dá pro gasto, né? 😛

Quem quiser fazer o teste (e se divertir!), acesse: http://www.iqleague.com/


MacBook Air, um Perigo para sua Segurança!

maio 28, 2008

Tá bom, não chega a tanto, mas olha só essas fotos abaixo:

Viu só? Todas criadas pelo MacBook Air, que além de machucar, vem sendo usado por muitos geeks alemãos para cortar pão, carne, e muito mais coisas.

Sinceramente, eu não sei que riscos um inocente MacBook air pode criar, mas por favor, deixem-os ligados carregando na tomada que nada acontece! 😛


Descobrir Senhas de Arquivos Compactados pelo Ubuntu

maio 27, 2008

Muitas vezes entramos em fóruns e sites onde baixamos arquivos .zip com senha, e fica difícil de abrir um arquivo assim – principalmente quando o “Gênio” que o compactou deixou a senha dentro do arquivo.

Há quem tente usar alguns programas ‘milagrosos’, mas muitos na internet não passam de vírus – e te dão um segundo problema a ser resolvido. Mas temos boas notícias aos usuários do Ubuntu. Existe uma ferramenta de força bruta para quebrar essas proteções, que se chama fcrackzip, que lhe permite de forma fácil e segura descobrir a senha de um arquivo zipado.

Para instalar, basta o bom e velho apt-get:

# apt-get install fcrackzip

Como funciona o Fcrackzip:

fcrackzip [-bDBchVvplum2] [–brute-force] [–dictionary] [–benchmark] [–charset characterset] [–help] [–validate] [–verbose] [–init-password string/path] [–length min-max] [–use-unzip] [–method name] [–modulo r/m] archivo

Exemplo de uso:

$ fcrackzip -c a -p aaaaaa archivo_ejemplo.zip


E o Facebook vai Abrir o Código…

maio 27, 2008

Um pouco mais cedo, ou ainda mesmo nessa semana, o Facebook enfim abrirá o código de mais de um ano de sua plataforma. O efeito imediato será a permissão de qualquer rede social (Como MySpace ou Orkut) se tornar compatível com o Facebook, o que significa que muitos desenvolvedores poderão ter suas aplicações rodando em diferentes redes sociais, facilmente.

Fonte: Techcrunch


Como Colocar 282 Escravos dentro de um Navio?

maio 26, 2008

A Escravidão definitivamente foi um período muito triste, não só na história do Brasil, como na do mundo.

Uma das coisas que sempre me perguntei foi “Como conseguiam trazer tantos escravos dentro de um navio”? A resposta é simples: Amontoando-os, sem o mínimo de conforto e higiene. Obviamente, isso são palavras: Mas elas nunca fizeram tanto sentido depois que eu vi a imagem abaixo, que é uma espécie de “manual” feito em 1788 explicando os segredos da estocagem de escravos dentro de um navio. É impressionante.